ARTIGO

Anywhere Office: Funciona para a minha empresa?
Leader Educa

Leader Educa

Quando o assunto é home office, a pauta é longa e gera muita discussão. No post de hoje, vamos falar sobre um termo que antes servia para definir o estilo de trabalho apenas dos “Nômades Digitais”, mas que agora já é realidade para trabalhos bem mais convencionais!

Apesar dos desafios, 80% dos gestores das empresas brasileiras aprovam o regime de teletrabalho, segundo a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). E se este é o cenário da sua empresa, vamos te ajudar a não somente encontrar os benefícios, mas como superar as possíveis dificuldades que sua equipe pode enfrentar neste novo “jeito de trabalhar”.

Vamos começar pelos benefícios:

–       Com a chegada da pandemia, os escritórios ficaram vazios, e as casas cheias. Planejando um bom sistema de agendamento de utilização do espaço, é possível que o ambiente da sua empresa seja um excelente local para que o colaborador encontre tranquilidade para trabalhar – quando precisar dar uma escapada da rotina da casa.

–       Se vocês estão trabalhando super bem no formato remoto, o que impede que o seu colaborador alugue um apartamento na beira da praia e vá trabalhar de lá, por exemplo?

–       A casa do seu colaborador não vai virar um escritório. Continuará sendo uma casa, com problemas e interferências externas. Quando for necessário focar, uma boa alternativa para o colaborador é a liberdade para ir até uma biblioteca, um café, um cowork, ou para o jardim da própria casa!

–       Quando a cultura do trabalho remoto funciona, a gestão pode ficar tranquila, pois sabe que sua equipe já possui certo nível de maturidade. Do outro lado também há outra visão benéfica: o colaborador se sente mais leve, porque a empresa confia nele.

É claro que nem tudo são flores: no início da pandemia, as empresas adotaram o home office às pressas e talvez não tenham conseguido organizar este trabalho até agora. E certamente não é agradável para o seu colaborador caso ele precise trabalhar do sofá ou da mesa da cozinha. Então, o Anywhere Office também pode ser um ponto positivo: se ele não tem espaço em casa, ele é muito bem-vindo no escritório!

Agora que sabemos alguns dos benefícios, como fazer este formato funcionar?

Comece com uma boa gestão de equipe.

Este é um desafio e tanto, afinal, gerir pessoas já era complexo quando estávamos todos juntos num ambiente controlado, não é mesmo? Agora, no ambiente remoto, fica um pouco mais complicado, mas não impossível. É claro que a melhor forma de resolver todos os problemas naturais da gestão de equipe são capacitações e treinamentos, como este aqui, que criamos justamente durante este momento que estamos vivendo.

Invista nas soluções tecnológicas adequadas

Sem um bom equipamento, é realmente muito difícil garantir que a sua equipe permaneça engajada e produtiva. O mesmo vale para ferramentas de comunicação – que precisam ser super eficientes – como o Zoom, Google Meet, Slack, Teams, Trello entre outros.

Incentive novas experiências de Anywhere Office

A gente sabe que é muito mais confortável trabalhar no próprio escritório em casa, ou é mais conveniente ir até o escritório físico. Mas, para que seus colaboradores também se sintam à vontade para ir até outros locais, a gestão pode promover alguns incentivos para que os colaboradores saiam do mesmo ambiente e experimente novas formas de trabalhar, seja através de uma parceria com cowork, com um informativo interno avisando sobre locais gratuitos, seguros e com excelente internet para se trabalhar.

São muitas as alternativas, desafios e benefícios do Anywhere Office. Nós queremos saber de você: sua empresa está preparada para esta mudança? Estamos aqui, prontos para te ajudar nessa nova jornada, com consultores especializados e uma excelente metodologia de ensino corporativo.

Com o curso de facilitação da Leader Educa, você e sua equipe serão capacitados para:

–       Saber escolher quais ferramentas devem utilizar na gestão remota para promover a produtividade de forma colaborativa, sem perder o senso do propósito do negócio e o espírito de equipe;

–       Resolver problemas concretos utilizando a inteligência coletiva como aliada;

–       Desenvolver um mindset flexível para entender e liderar neste novo cenário;

–       Fortalecer a autonomia de cada membro da equipe e o senso de pertencer.

Além de aprender técnicas para melhorar as práticas de comunicação para times remotos. Lembre-se sempre que investir em pessoas é investir no futuro da empresa.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin