ARTIGO

Por que investir em uma universidade corporativa?
Leader Educa

Leader Educa

O ser humano tem um incrível potencial de aprendizado, e isso significa que, a partir do momento em que você propõe um novo ensinamento, as chances de que ele capte essa mensagem e trabalhe em cima dela é muito grande.

Pensando nisso, porque entender que seus colaboradores já tiveram todo o conhecimento técnico necessário na faculdade quando você pode continuar treinando-os e fazendo com que eles se tornem ainda melhores em suas áreas?

A universidade corporativa é uma iniciativa que vem crescendo no mundo como uma possibilidade estratégica de preparar melhor os funcionários para as demandas da empresa. Através dela é possível adquirir mais conhecimento técnico em diversas áreas através de estudos focados nas demandas organizacionais.

Ou seja: a universidade corporativa é uma forma de oferecer meios alternativos de capacitação à sua equipe através de um baixo custo (em relação a mandar seus principais gestores para o MBA, por exemplo) e da formação de mão de obra extremamente qualificada para trabalhar nas suas necessidades específicas.

Como criar uma universidade corporativa?

A universidade corporativa não é, apenas, um amontoado de palestras e cursos sem nenhum direcionamento: ela tem matriz de aprendizado, consultores (multiplicadores), exercícios práticos e funciona como qualquer outra escola, com o diferencial de fazer parte da rotina da sua empresa.

Portanto, a criação de uma universidade corporativa passa pela parceria a uma instituição de ensino vinculada a empresas e reconhecida por órgão regulamentador da educação.

Dessa forma, qualquer colaborador que quiser fazer parte da universidade corporativa pode escolher os melhores horários para concluir seu aprendizado.

Vantagens da universidade corporativa

Ter uma universidade corporativa pode parecer um investimento alto no início, mas para calcular seu real valor é preciso mensurar a compra dessa solução a longo prazo: ela vai dar mais força, inclusive de competitividade, à empresa que optar por capacitar corretamente seus colaboradores.

Como trabalha majoritariamente a plataforma EAD, a universidade corporativa traz mais flexibilidade aos alunos e, ainda assim, oferece a eles a solidez e o embasamento dos conteúdos de qualquer outra universidade. Pensando nisso, uma boa universidade corporativa é a que permite a preparação dos funcionários através de metodologias inovadoras e conceitos e fundamentos adequados à missão, visão e valores da empresa.

A grande vantagem da universidade corporativa é garantir uma capacitação personalizada, focada ao seu negócio especificamente, enquanto a instituição convencional de ensino vai jogar no colo dos alunos conceitos que possam ser aplicados em qualquer situação ou empresa.

Nesse sentido, capacitar lideranças na universidade corporativa é uma boa sacada, visto que as equipes poderão se guiar melhor através de pessoas que saibam ler os cenários específicos do negócio de maneira correta – e passar para a frente o conhecimento adquirido, garantindo mais difusão do conhecimento.

Capital intelectual é outra vantagem a se levar em consideração, visto que todos que querem crescer em suas áreas se empenham para aprender e gerar novos resultados. Como tem um plano de aulas mais flexível, a universidade corporativa pode ganhar a atenção e o engajamento dos estudantes de forma mais orgânica. Fora que você estará firmando, dentro do ambiente do trabalho, a cultura do aprendizado, algo que motiva funcionários rumo à realização pessoal.

Através de uma universidade corporativa, com colaboradores felizes e realizados com um novo conhecimento, a sua empresa pode ser bem vista pelos clientes e garantir novos nichos de mercado – além de gastar muito pouco para obter esse resultado.

Como implantar a universidade corporativa na sua empresa

Para obter sucesso absoluto de público e crítica, a implementação da universidade corporativa dentro da sua empresa deve passar por planejamento adequado, para que as pessoas se sintam capazes e motivadas a abraçar a ideia dentro de sua realidade. Isso requer uma boa estratégia, visando diminuir as chances de perder o investimento antes mesmo de ele se concretizar.

Além disso, é preciso prever os gargalos dos colaboradores e da própria empresa com o ambiente EAD, que exige computadores para estudos, banda larga para acesso aos conteúdos e estrutura mínima para fazer reuniões ao vivo ou teleconferência com várias pessoas ao mesmo tempo.

Antes mesmo de lançar a ideia da universidade corporativa, incentive a educação, o aprendizado e o compartilhamento do conhecimento entre o seu grupo de funcionários. Assim, quanto mais interessados eles estiverem em focar na especialização da carreira, dentro e fora da empresa, mais eles serão entusiastas da novidade dentro da rotina de trabalho.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin