ARTIGO

Como a gamificação pode beneficiar seu treinamento
Leader Educa

Leader Educa

A gamificação está emergindo rapidamente como uma técnica altamente eficaz no processo de treinamento, pelos altos níveis de envolvimento e engajamento que entrega – além do seu potencial inovador e criativo.

Este conceito representa mais do que simplesmente introduzir jogos ao longo do processo de aprendizado ou apresentá-los apenas como uma ferramenta adicional ao material didático básico – na verdade a gamificação pode ser vista como uma nova proposta de aprendizado, uma proposta que constrói um novo pensar e uma nova postura. Isto é possível porque o aprendizado a partir da gamificação extrapola os conceitos de pensamento e mecânica inerente aos jogos para a vida real, ensinando os alunos a responder a desafios e resolver problemas de uma forma totalmente diferente.

Não existe apenas um caminho quando falamos em gamificação: as possibilidades são infinitas e esta natureza flexível e cheia de possibilidades dos games é o que torna este conceito mais e mais instigante e desafiador. A gamificação pode ser aplicada nas mais diversas áreas: vendas e marketing, na educação básica de crianças e jovens, em treinamentos corporativos, em programas de aperfeiçoamento de habilidades, em estudos e pesquisas psicológicos e sociais, etc.

Com o apelo cada vez mais crescente dos videogames e uma população familiarizada tanto com a tecnologia por trás dos games quanto com a linguagem explorada pelos jogos, é fácil perceber o potencial desta estratégia para ações de treinamento. Vamos ver alguns dos maiores benefícios da gamificação no processo de aprendizado?

Aprendizagem imersiva

As experiências geradas pelo uso da gamificação elevam os níveis de engajamento de forma praticamente automática: uma boa estratégia de gamificação leva a uma aprendizagem imersiva, entregando uma retenção muito superior às registradas por outras ferramentas;

Promove mudanças comportamentais

A própria estrutura dos games promove um feedback instantâneo aos participantes do treinamento, que conseguem sozinhos identificar falhas de julgamento e ação, promovendo mudanças de comportamento não através de feedbacks da chefia, mas pela própria autoanálise – esta prática conduz a mudanças positivas e duradouras, que podem inclusive melhorar as relações interpessoais no ambiente de trabalho;

Estabelece níveis saudáveis de competição

Ao promover um ambiente de aprendizado mais ativo e informal, a gamificação ajuda os alunos a praticar no mundo virtual situações e desafios da vida real, promovendo uma competição de forma saudável, gerando sentimentos de conquista e estabelecendo avaliações que demonstram a evolução de cada colaborador, inspirando em cada um o desejo pelo aperfeiçoamento individual;

Proporciona uma conexão pessoal com o aprendizado

O envolvimento do usuário e a preocupação com a jogabilidade é uma prioridade para os desenvolvedores de games. Uma das maneiras pelas quais eles mantêm o interesse do jogador elevado é através da conexão pessoal do usuário/aluno com a experiência do jogo – esta conexão enriquece o aprendizado ao estabelecer uma relação profunda entre o aluno, suas necessidades de aprendizagem, e o conteúdo apresentado como meta e desafio do game.

A gamificação tem um potencial enorme esperando para ser explorado. Na educação corporativa o aprendizado através de jogos é uma ótima estratégia para estabelecer um novo equilíbrio entre pedagogia e entretenimento, que levará a uma nova cultura de aprendizado, a novos hábitos de desempenho e muitos resultados!

 

gustavo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin