ARTIGO

O futuro da gestão do aprendizado
Leader Educa

Leader Educa

Os LMS são sistemas de integração e gerenciamento do processo de treinamento corporativo. Em artigos anteriores vimos como estes sistemas são importantes e também compartilhamos algumas dicas para construir um LMS de sucesso.

Mas o que será que nos aguarda no futuro, quando pensamos sobre os Learning Management Systems? Como estes sistemas tão ricos e complexos responderão às novas gerações de alunos, às novas tecnologias e às novas técnicas e tendências de e-learning?

Uma das principais mudanças que podemos observar é que os LMS estão gradativamente passando de sistemas responsáveis apenas pelo registro das informações relacionadas ao treinamento para uma estratégia de gerenciamento global de competências, responsável por descobrir lacunas de aprendizado enquanto amplia o engajamento dos alunos dentro do processo de treinamento.

Uma evolução como esta nos apresenta muitos desafios e oportunidades futuros para os LMS, como veremos a seguir:

Aprendizagem customizada, contínua e adaptativa

As novas tecnologias espelham com perfeição as novas gerações: o futuro do aprendizado é mobile, digital, baseado em microlearning e cada vez mais ligado às interações sociais.

Isto requer um sistema muito mais integrado e adaptativo, capaz de tornar o processo de aprendizagem mais envolvente e impactante.

O futuro é estabelecer plataformas de aprendizado que não apenas apresentem conteúdo, mas permitam aos alunos criar e inovar enquanto aprendem.

Engajamento da geração millennials

A presença cada vez maior dos millennials no mercado de trabalho representa um desafio para os atuais gestores quando se fala em engajamento.

A gamificação tem sido utilizada com grande sucesso e a previsão é que seu potencial de engajamento seja mais e mais explorado no futuro.

Outra característica desta geração é o acesso múltiplo, misto e integrado às mais diversas plataformas de ensino, exigindo dos gestores a construção e disponibilização de treinamentos com conteúdos múltiplos, interdisciplinares e acessíveis on demand.

Uma maior capacidade de integração e personalização será uma das primeiras exigências a serem atendidas pelos LMS no futuro.

Realidade Virtual e Realidade Aumentada

RV e RA serão duas tendências fortes em e-learning e o papel do LMS na gestão destas tecnologias será fundamental para estabelecer diretrizes de sucesso – o uso destas duas ferramentas fantásticas será um grande diferencial na apresentação de cenários hipotéticos de forma real e didática durante os treinamentos corporativos, criando um ponto de convergência real entre os universos virtuais e físicos.

Certamente representarão um excelente reforço na busca por um aprendizado mais completo e engajado.

Machine learning

O big data e a mineração de dados nos permitiram levantar um volume praticamente infinito de informações e esta revolução produziu um interesse renovado pelo aprendizado das máquinas.

A utilização dos conceitos e ferramentas do machine learing junto aos sistemas LMS resultará em melhores resultados de aprendizagem, redução de custos e melhoras gerais nos índices de retenção de conteúdo e alocação de verbas.

Através da análise de algoritmos que podem aprender com seus erros e prever dados futuros os sistemas estarão prontos para analisar padrões comportamentais, sociais e de desempenho de cada aluno e então poderão propor e adaptar, sem interferência humana, o conteúdo educacional e a aplicação de todo o treinamento.

O futuro nos reserva um mercado em constante mudança, interativo, jovem e moderno. Flexibilidade e dinamismo serão palavras de ordem – os LMS são plataformas excelentes, com muito potencial para responder a estes desafios com sucesso.

gustavo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin